• Projeto Chōchō

    Desenvolvimento Socioemocional de bebês e crianças pequenas

    Atualizado: 5 de Out de 2019

    Você sabe como os bebês e crianças pequenas se desenvolvem social e emocionalmente? Conheça o que são os  os “marcos sócio-emocionais” e como eles podem te ajudar a saber se seu filho está se desenvolvimento de forma adequada.


    Descubra se seu filho está desenvolvendo corretamente as habilidades socioemocionais para a idade dele.

    LEIA MAIS: Saiba a importância da Autorregulação para os seus filhos


    O bem-estar emocional durante os primeiros anos tem um forte impacto nas relações sociais. As crianças que são emocionalmente saudáveis ​​são mais capazes de estabelecer e manter relacionamentos positivos com adultos, bem como com os colegas.


    O desenvolvimento socioemocional é essencial para a sensação de bem-estar de uma criança pequena. Seus primeiros relacionamentos ajudam a moldar quem eles são, quem eles se tornam e sua compreensão do mundo. As pessoas importantes na vida das crianças pequenas ajudam a estabelecer as bases para uma série de habilidades socioemocionais, tais como:


    • Auto-regulação

    • Empatia

    • Revezamento e compartilhamento

    • Relações positivas com adultos e colegas


    LEIA MAIS: Saiba como acabar com as crises de birra dos seus filhos com 8 dicas incríveis!


    Marcos Sociomocionais


    Através de relacionamentos precoces, com estímulos e interações responsivas, bebês e crianças pequenas aprendem maneiras de estar em relacionamentos, como satisfazer suas necessidades e desejos, e como identificar e regular emoções. Como essas habilidades se desenvolvem juntas, essa área de desenvolvimento é chamada de desenvolvimento socioemocional.


    Abaixo há um gráfico que destaca como bebês e crianças desenvolvem habilidades socioemocionais em diferentes idades. Tenha em mente que existem diferenças individuais quando se trata da idade exata em que os bebês e crianças pequenas atingem esses marcos.


    Devido a presença destas diferenças que podem variar de criança para criança, estes marcos servem como diretrizes para ajudá-lo a entender e identificar padrões típicos de crescimento e desenvolvimento em bebês e crianças pequenas ou para ajudá-lo a saber quando e o que procurar à medida que se desenvolvem.


    LEIA MAIS: 10 erros que você comete com seu filho!! (e como fazer para corrigi-los).


    Você pode continuar a usar o conhecimento desses marcos para ajudar a atender às necessidades de bebês e crianças pequenas em seus cuidados. Embora as habilidades destacadas no gráfico se desenvolvam em uma seqüência previsível nos primeiros três anos de vida, cada bebê e criança é único. O nosso objetivo é ajudar todos os bebês e crianças pequenas a crescerem e a desenvolverem todo o seu potencial.



    LEIA MAIS: 5 mitos sobre o Desenvolvimento Socioemocional (e porque seu filho deve aprender desde cedo)


    Conexão do Desenvolvimento Social-Emocional a Outras Áreas do Desenvolvimento


    Com a nossa compreensão crescente do crescimento do cérebro e do desenvolvimento das crianças pequenas, continuamos a aprender sobre as maneiras pelas quais os cuidadores adultos podem ser favoráveis ​​e mais eficazes para ajudar as crianças a se desenvolverem e aprenderem.


    Através de relacionamentos estimulantes e de confiança, bebês e crianças pequenas aprendem sobre o mundo. Seus cérebros amadurecem por meio de interações e podem aprender que o mundo é seguro, pois os adultos sempre estarão lá quando elas precisarem.


    LEIA MAIS: Acabe agora com a dificuldade de concentração dos seus filhos!


    Eles também aprendem como formar relacionamentos, comunicar-se, responder a desafios e como reconhecer, experimentar e regular suas emoções a partir dos relacionamentos com os cuidadores.


    Quando bebês e crianças pequenas se sentem seguros e alertas, eles são mais propensos a observar, explorar, brincar, interagir e experimentar pessoas e objetos. Essas experiências levam as crianças a aprender e lembrar de coisas novas. Essa base para o aprendizado depende muito da qualidade dos primeiros ambientes e relacionamentos dos bebês e das crianças pequenas.


    LEIA MAIS: Exercícios de Mindfulness: como treinar calma, estabilidade e concentração em crianças?


    Ajudando todos os bebês e crianças


    Toda criança nasce com a sua maneira de se relacionar com o mundo. Isso é chamado temperamento .


    Algumas crianças pequenas, por exemplo, estão constantemente em movimento, enquanto outras preferem se sentar e observar o mundo ao seu redor. Algumas crianças pequenas desfrutam de novas experiências e de conhecer novas pessoas, enquanto outras são mais lentas para se envolverem em novas situações e novas descobertas.


    LEIA MAIS: Habilidades Socioemocionais: como elas podem impactar o futuro das crianças?


    Temperamento é definido como as diferenças individuais de personalidade em bebês e crianças pequenas. As crianças nascem com um temperamento único. Não há certo ou errado, bom ou mau temperamento.

    Rothbart , no livro Temperamento na infância, definiu o temperamento como "as diferenças individuais de personalidade em bebês e crianças pequenas." Como Murphy e Moon descrevem, “os interesses de bebês e crianças pequenas variam muito em diferentes áreas sensoriais, na intensidade de sua atenção aos estímulos sensoriais e em sua sensibilidade a sentimentos de conforto e desconforto, familiaridade e estranheza, e o contexto emocional em que ocorrem experiências sensoriais”.


    Os bebês nascem com um temperamento único. Não há certo ou errado, bom ou mau temperamento. Compreendendo o temperamento, você pode continuar a usar o que sabe sobre bebês e crianças pequenas para estimular seus pontos fortes e sustentar suas necessidades.


    LEIA MAIS: Como ajudar seus filhos a controlar a agressividade?


    Não importa quão bem você entenda o temperamento e esteja sintonizado e atento, por diversas vezes a criança pequena ou o bebê que esta sob seus cuidados (seja seu filho ou uma criança com a qual você esteja trabalhando) pode não estar se desenvolvendo social e emocionalmente.


    Alguns bebês e crianças pequenas podem experimentar dificuldades sociais ou emocionais. Essas dificuldades podem estar relacionadas a influências inatas (natureza) ou ambientais (estímulos).



    Dica Chōchō


    Você pode promover o desenvolvimento socioemocional de bebês e crianças de várias maneiras:


    • Responda às necessidades do bebê e da criança de maneira cuidadosa.

    • Reconheça um bebê ou uma criança pequena que aponte para uma foto sua ou de sua família - "Isso mesmo (nome da criança), essa é uma foto sua e do seu pai!"

    • Transmita a sensação de cuidado e empatia durante todas as interações com a criança.

    • Leia histórias sobre e mostre sentimentos e emoções, mostrando à criança fotos e imagens de diferentes tipos de emoções.

    • Observe as respostas do bebê ou da criança aos estímulos ambientais. Pense em maneiras de limitar o nível de ruído, por exemplo, ou estímulos visuais.

    • Perceba se a criança ou bebê apresenta aumento de frustração ou irritabilidade durante determinadas rotinas ou horários do dia.

    • Pense em maneiras de manter a proximidade física e oferecer um toque gentil para ajudar os bebês e crianças a manter um senso de segurança.


    Fonte: Virtual Lab School



    176 visualizações

    © 2020 Projeto Chōchō