• Projeto Chōchō

    Como os sistemas de ensino trabalham as habilidades socioemocionais

    Atualizado: 9 de Dez de 2018

    A premissa de que é preciso “ir além do conteúdo” é uma tendência e está, inclusive, na BNCC; especialistas comentam o papel e as possibilidades de integração desses valores.


    Além das tradicionais disciplinas, como Matemática, Língua Portuguesa, História e Geografia, entre outras, muitas escolas estão cada vez mais empenhadas em trabalhar, também, a inteligência emocional de seus alunos dentro da sala de aula. Para muitos especialistas da área da educação, o desenvolvimento das habilidades socioemocionais são, tão ou mais, importantes para a formação dos alunos. Pois, se não forem bem trabalhadas, acabam interferindo ou até mesmo prejudicando o aprendizado cognitivo.


    A consciência de que o mundo, a tecnologia e as instituições sofreram mudanças e que a escola deve incorporar essas transições na forma como se relaciona com alunos, professores e pais é uma grande preocupação do Ministério da Educação. Tanto que a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC) traz boa parte de suas competências gerais com foco no desenvolvimento de habilidades socioemocionais, como visto em post anterior.


    LEIA MAIS Pesquisa mostra que desenvolver Habilidades Socioemocionais melhora o aprendizado na escola.


    Escolas, de ensino público e privado, terão até o início do ano letivo de 2020

    para terem esses valores aplicados ao seu currículo.

    De acordo com a pesquisadora Esther Carvalhaes, apenas os conteúdos escolares não parecem mais bastar para as sociedades atuais. O aprendizado não irá mais se limitar ao período da Educação Básica, mas deverá continuar durante toda a vida do indivíduo (em inglês, life-long learning).  Na escola, os alunos aprendem a se relacionar, a lidar com diferentes opiniões e costumes, a trabalhar em equipe e até a estabelecer alvos mais elevados para si mesmos. Isso exige que eles desenvolvam uma série de habilidades não estritamente cognitivas, mas que têm mais a ver com sua capacidade de construir relações de confiança e de se autoconhecer, de mobilizar ou controlar suas emoções, seja para atingir objetivos escolares ou para criar um ambiente positivo ao seu redor.


    “Não há como preparar as crianças e jovens para enfrentar os desafios do século XXI, sem investir no desenvolvimento de habilidades para selecionar e processar informações, tomar decisões, trabalhar em equipe, resolver problemas e lidar com as emoções”. (Anita Lilian Zuppo Abed)


    Muitas escolas têm adotado materiais e metodologias desenvolvidos especialmente para esse fim. No mercado já existe uma quantidade razoável de opções. “Mas, antes de adotar uma delas, é importante se certificar de que está optando por uma metodologia comprovadamente eficaz. Para que não se desperdice o investimento, tanto financeiro quanto de tempo, e nem a oportunidade de criar alunos realmente preparados para a vida adulta”, recomenda a diretora de serviços educacionais do Grupo Saraiva.


    Metodologia Projeto Chōchō

    O Projeto Chōchō baseia-se no processo evolutivo da borboleta, que inicia-se como uma lagarta e ao longo do tempo, vai se transformando. Ao sair do casulo, a lagarta transformou-se em uma bela borboleta, que ao voar encanta a todos ao seu retorno, criando até mesmo admiradores.


    Okay! Você deve estar se perguntando como isso funciona na prática?

    O Projeto Chōchō aborda as habilidades sociais, além do conteúdo escolar. Assim, os participantes são conduzidos a nossa metodologia através de atividades lúdicas e recreativas, divididas em módulos. Nos encontros brincamos, vivemos e refletimos sobre como somos, nossos sonhos e comportamentos e como podemos evoluir.


    A cada encontro trabalhamos uma temática, que tem por objetivo o desenvolvimento socioemocional. Desta forma, os participantes são convidados para insights de uma forma divertida, transformando comportamentos e desenvolvendo habilidades necessárias para a sua vida e para um futuro de sucesso.


    Quer saber sobre os nossos módulos?! Clique aqui.

    20 visualizações

    © 2020 Projeto Chōchō