• Projeto Chōchō

    Como começar o dia com uma rotina calma para crianças pequenas e agitadas

    Atualizado: 5 de Out de 2019

    Exercícios que ajudam jovens estudantes, que sofreram algum tipo de trauma, a iniciar o dia escolar em um estado mais relaxado.


    Estas técnicas podem ajudar também crianças com dificuldade de concentração e em adaptação escolar.

    LEIA MAIS: Saiba a importância da Autorregulação para os seus filhos


    Muitas crianças que experimentaram adversidades e traumas significativos, têm seus cérebros funcionando em um estado de sobrevivência, originado dessas experiências iniciais.


    Muitas não têm os apegos emocionais seguros de que todos precisamos e, como resultado, podem ter desorganização nas regiões inferiores do cérebro, o que proíbe o desenvolvimento saudável do cérebro. Isso pode levar à desregulação e a problemas comportamentais, sociais e acadêmicos crônicos.


    Para desenvolver e fortalecer a cognição em todas as crianças, incluindo aquelas que sofreram trauma, precisamos abordar seu nível de desenvolvimento cerebral.


    A implementação de estratégias dos sistemas sensoriais e motores para a regulação das emoções, como parte de nossas rotinas diárias e transições na primeira infância, oferece uma oportunidade para mudanças saudáveis ​​e sustentáveis ​​quando o cérebro é maleável e mais adaptável às experiências e estruturas ambientais.


    As rotinas descritas aqui podem ser usadas para começar o dia com crianças que entram na escola ansiosas, irritadas e desreguladas. Eles podem ajudar a combater a adversidade que essas crianças frequentemente enfrentam em suas vidas. Muitas instituições nos EUA usam essas estratégias para promover a atividade rítmica e a consciência corporal. Essas rotinas foram desenvolvidas para a pré-escola até o ensino fundamental e algumas podem ser implementadas com crianças mais velhas.


    LEIA MAIS: 4,5 problemas mais comuns da adaptação escolar do seu filho: saiba como lidar com eles.

    5 ESTRATÉGIAS PARA COMEÇAR O DIA


    Rolo compressor: Essa estratégia é útil para crianças que não gostam de ser tocadas diretamente, mas precisam de uma pressão profunda para acalmar um sistema nervoso ativado. As crianças estão deitadas de barriga para baixo, com os braços bem abertos, e rolamos uma grande bola de exercícios pelo corpo, dos pés à cabeça, enquanto cantamos uma música relaxante. Em seguida, rolamos de um lado para o outro de um braço para o outro. Isso é calmante e rítmico, e as crianças adoram cantar enquanto implementamos essa estratégia.


    Burrito: Combinando ritmo e pressão suave, mas firme, como o rolo compressor, o burrito é útil para a consciência corporal. As crianças se deitam em um cobertor e nós as enrolamos lentamente para que o cobertor fique em volta delas, fornecendo uma pressão agradável. Quando estão prontos, desenrolamos com um pouco de velocidade enquanto as crianças fingem rolar ladeira abaixo.


    LEIA MAIS: Como ajudar seus filhos a controlar a agressividade?


    Escovação pacífica: Essa tem sido uma das estratégias de regulação favoritas das crianças que começamos a implementar recentemente. Sentamo-nos em círculo, circulando meu rosto e ouvidos com um pincel de maquiagem - podem ser utilizados vários tipos desses pincéis. Escovo meus braços, mãos e palmas. Em seguida, escovo áreas do rosto, pescoço, braços e mãos das crianças. Muitos deles não querem parar. Algumas crianças escovam a si mesmas. Esse toque leve é um estímulo suave e uma estratégia muito eficaz antes da soneca e durante as transições, bem como quando os alunos chegam à escola.


    Exercícios para liberar traumas e tensões: Nesses exercícios, apertamos diferentes grupos musculares e depois os liberamos e sacudimos. Começamos apertando o rosto com força e depois liberando esses músculos. Fechamos os punhos com as mãos e depois soltamos lentamente, sacudindo-os. Repetimos essa contração com os ombros, pernas e braços, e depois caímos numa "caverna urso" de faz de conta para ficarmos o mais encolhido possível, antes de liberar todos os nossos grupos musculares e crescer grandes e altos novamente.



    LEIA MAIS: Exercícios de Mindfulness: como treinar calma, estabilidade e concentração em crianças?


    Esses exercícios fornecem uma contração e liberação de grupos musculares da região posterior das pernas e costas, que estão conectados à nossa resposta de fuga ou luta. Muitas crianças que sofreram traumas e adversidades significativas sentem tensão e aperto no corpo, e esses exercícios ajudam a liberar essa tensão.


    Fonte: Edutopia



    67 visualizações

    © 2020 Projeto Chōchō